Até o mais profundo dos abismos

Vamos voar nesses céus que nos envolve.
Vamos dar graças e cantar cânticos de glória.

Afinal temos o que todos os homens, anjos e demônios cobiçam.
Temos a força mais forte do universo. Uma bênção do criador.
Uma força que só aqueles que a possuem pode entender.

Um amor tão puro que chega a ser um
... Sacrilégio.

Um sentimento tão profundo que chega a ser um
... Pecado.
...
Pecado...
O que significa essa palavra?
Quebrar as regras? Desobedecer a Deus?
Que regras? Que Deus?
O que fazer quando as "regras" se contradizem?

Quando a voz de deus é deturpada pelos interesses alheios...
E suas vontades se turvam sob a "tutela" da sociedade...
O que é de Deus... O que não é...

O que é realmente certo? O que é ilusão?
Qual a peça que realmente encaixa e faz todo esse quebra cabeça fazer sentido?

Não basta que o sangue fale por si?
Que a índole marque o ser?
Que a alma se revele?

Não basta que Deus julgue e escolha ‘os seus’ no final?


Cair, não cair

O que impede as minhas mãos de tocarem as suas?
Os meus lábios de tocarem os seus?
O que realmente nos impede...
de ser um?

As mãos manchadas de sangue sempre têm o mesmo vermelho

Mesmo que o meu amor esteja manchado e tinto nesse rubro sangue.
Eu quero me manchar também

Eu amo essas suas mãos, estando elas manchadas ou não.
E mesmo esse amor seja condenado e marcado seja como pecador.

Eu quero estar com você
Eu vou estar ao seu lado
Até o mais profundo dos abismos.


Pois o abismo não seria mais triste que o paraíso longe das suas asas.
Porque são as suas asas que me dão a força que eu preciso para enfrentar céus e terras...
... E eu não me importo com que cor elas tenham.

Nenhum comentário:

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...